quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Criança de 4 anos ministra curso de programação

Hoje conheceremos a história de uma menina de 4 anos que já ministra aulas de programação pela Internet. A Mirela teve um programa de estímulo desde o nascimento através do método de Glenn Doman. Aos 3 anos, iniciou um aprendizado voltado à lógica de programação e, aos 4 anos, ela começou a montar vídeos (aulas) para o seu curso online que entrou no ar nesta semana. O cursos estão sendo montados com base num projeto chamado code.org o qual possui envolvimento de grandes líderes da área de tecnologia como Bill Gates (Microsoft) e Mark Zukerberg (Facebook).

Para conhecer um pouco mais sobre as aulas da Mirela, veja o vídeo a seguir. Uma aula ministrada por uma criança para outras crianças. É um aprendizado bem divertido.


O modelo de pagamento do curso é bem interessante. Com um preço que começa em R$ 19 (mensal), os pais poderão ter acesso a todos os cursos do portal sem limites. Os pais e as crianças poderão fazer os cursos quantas vezes quiser.

Para mais informações, visite: www.cursodamirela.com.br

No link http://url.bebeinteligente.net.br/cm-fotos-mirela, tem um conjunto de imagens (fotos) das aulas ministradas pela Mirela.





segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Curso do Método de Glenn Doman (Ensinando seu Bebê a Ler)

Hoje tenho uma ótima novidade para muitos pais que aplicam ou pretendem aplicar o método de Glenn Doman. O primeiro curso on-line (pela Internet) do método de Glenn Doman foi lançado ontem (6/9/2015). Com mensalidades a partir de R$ 19,00, este curso é bem acessível e completo. No momento, foi liberado o curso referente à etapa 1. Recursos visuais (vídeo), modelos de materiais para impressão e planilhas para ajudar no planejamento e na aplicação do método são alguns dos recursos disponíveis no treinamento. Visite o portal: www.cursodamirela.com.br

quinta-feira, 4 de junho de 2015

A evolução no xadrez: uma prova do raciocínio das crianças

Já faz bastante tempo que não publico neste blog. Estou retomando justamente com um tema que chamou bastante a atenção. Será que um bebê ou uma criança pode realmente aprender xadrez? A postagem anterior trata das aulas iniciais que devem ser concentradas na identificação das peças. Posteriormente iniciei o processo de movimentação das peças escolhendo as mais simples. A última peça a ser ensinada foi o cavalo. Durante alguns meses, as partidas eram voltadas apenas para movimentar o peão. O ensinamento foi feito com uma frequência de 1 ou 2 vezes por semana. Com uma baixa frequência, ela e o irmão mais novo conseguiram manter um grande interesse nas partidas de xadrez. No momento do jogo (ensino), ambos mantiveram grande concentração. Em raros momentos, a concentração era perdida e eu encerrava imediatamente a partida, garantindo que os dois ficassem ansiosos pela próxima sessão.